Entre as passas de um cigarro

Tuesday, August 01, 2006

Felicidade


Isabel Silva, Lugar Mágico

Se calhar tenho muito para não ser feliz! Mas sou-o!
Porque até na infelicidade que tenho eu busco a felicidade.
E a felicidade está na busca em si, é ai que a encontro que a realizo, que me realizo. Nada nem ninguém me pode retirar a felicidade, porque a minha felicidade está nas pequenas coisas. Sim, serei sempre um poeta menor, um pequeno poeta, um poeta de pequenas coisas porque coisas grandes nunca me fascinaram, a imponência não me cativa.
Não consigo encontrar satisfação maior do que um pormenor que a todos pode passar despercebido e só duas ou uma pessoa o destacam.
Para amar uma estrela de cinema, só se ela fosse estrela do cinema tibetano, macaenses ou Mali. As estrelas americanas aborrecem-me, com a sua multidão de fãs. Sim, poderia ser feliz com uma estrela de cinema croata…
Além do mais eu já sou feliz, feliz por ter todos os dias mais obstáculos para transpor, por cada dia ser diferente do anterior… por todos os dias conhecer pessoas diferentes e tantos sítios incomuns. Por te ter dentro de mim, a falares-me de dentro para fora, mesmo com silêncio e saudade.
Até no silêncio e na solidão e na saudade eu encontro felicidade, porque ela está em mim e não nos não-eus.

2 Comments:

  • At 4:23 PM, Anonymous Filha de SafO said…

    Voltaste :)

     
  • At 5:37 AM, Blogger Conversas inacabadas... said…

    Parabéns pelo magnífico texto. De facto acho que sermos felizes (quase sempre) só depende de nós próprios. Basta pensar que acordar para o mundo todos os dias já é razão suficiente para brindarmos à vida e achar que os nossos problemas são, muitas vezes, apenas uma forma de nos enganarmos.
    Obrigada! Nina

     

Post a Comment

<< Home

 

eXTReMe Tracker